Central Empreendedor

Empreendedorismo

Empreendedorismo: A solução para a crise

A crise gerada pela pandemia do coronavírus alterou a dinâmica da economia brasileira, onde diversos segmentos sofreram impactos com a diminuição das atividades, devido as restrições que visam minimizar a disseminação do vírus.

Nesse cenário, muitos negócios estão fechando por não conseguirem adequar os seus produtos e serviços a nova realidade, visto a queda da circulação de renda e os novos padrões de consumo da população. As pesquisas apontam que cerca de 40% das pequenas e médias empresas pararam.

Ainda estamos sem previsão para o término da instabilidade econômica, e o crescimento no nível de desemprego tem preocupado a população brasileira. Dito isso, empreender se tornou uma luz no fim do túnel para muitas pessoas, que encontraram nessa solução outra chance de recomeçar.

Para empreender é necessário ter conhecimento básico em vendas, saber negociar com clientes, fornecedores e parceiros, além de entender indicadores de resultados, processo de vendas e fatores motivacionais para traçar as estratégias necessárias.

Então, para te ajuda a entender melhor porquê o empreendedorismo é a solução para a crise, nesse artigo abordaremos os motivos para empreender nesse período e selecionamos algumas dicas para você começar nessa atividade.

Acompanhe a leitura!

Por que empreender em um período de crise?

Afinal, quem é o empreendedor? O empreendedor é aquele que sai de sua zona de conforto e consegue se organizar e se desenvolver mesmo em meio às dificuldades. Esse senso já nos direciona o pensamento que em meio à crise, o empreendedor cria oportunidades de contorná-la apresentando novidades e melhorias em seu negócio, não somente necessárias para sua sobrevivência, mas também que tragam impacto positivo para o mercado. 

Dessa forma, ao empreender, a empresa transforma os seus produtos ou cria soluções inovadoras.  O empreendedorismo abarca também a capacidade de gerar o desenvolvimento de novos processos produtivos de forma a aumenta a lucratividade e autonomia da empresa.

Empreender no cenário da pandemia é essencial para dois aspectos principais: primeiro, é a forma de garantir o sucesso dos negócios, movimentando a economia como em outros períodos de crise, e além disso é um meio de impactar positivamente a sociedade.  Não há dúvidas de que as empresas precisam cada vez mais se reinventar e buscar alternativas para seus processos, principalmente em momentos tão delicado de crise.

A organização é um pilar essencial para manter uma empresa funcionando durante a crise. Em meio a tantas empresas fechando e diminuindo seu faturamento, é necessário focar em aspectos essenciais à sobrevivência, diminuir custos e entender como realizar melhorias no processo que farão diferença a longo prazo.

Assim, quando o empreendedor tem uma visão ampla sobre todos os pontos do seu negócio, desde os mais fortes até as fragilidades, é possível que a empresa se erga e garanta a sua manutenção mesmo em um cenário pessimista.

As modificações de mercado em meio a crise

O mercado de consumo brasileiro teve uma reviravolta devido a quarentena gerada pela pandemia do coronavírus. Essa situação afetou o funcionamento de muitos negócios, devido a necessidade de isolamento social. Os hábitos de consumo mudaram, o que inclui não somente produtos buscados pelo consumidor, mas também a forma de adquirir esses itens.

Mesmo com a crescente nos últimos anos, o e-commerce explodiu em 2020 devido os novos hábitos de consumo, e dados mostram que os itens mais procurados incluem produtos eletrônicos e de escritório, além de itens básicos, como os voltados para higienização, limpeza, mercado e medicamentos.

Portanto, tendo em vista as novas necessidades do público, as ações empreendedoras devem em atender a população pensando em inovações que adaptem sua empresa a esse novo cenário vivido pelo mercado, criando novas formas de suprir a demanda dos clientes no contexto da pandemia.

Dicas para empreender na crise

Agora que você pode perceber a importância de empreender e se reinventar como uma solução econômica para crise, veja algumas dicas para fazer isso da melhor forma:

Aproveite as oportunidades

É possível beneficiar o seu negócio com a crise. Mesmo com redução na renda do brasileiro que faz cair o seu consumo, nesse momento as pessoas e empresas estão abertas a novos produtos e serviços que promovem eficiência. Assim, se você puder entregar resultados melhores a estes consumidores, com certeza o seu negócio pode crescer.

Crie soluções que resolvam problemas

Se esforce em criar soluções que possam resolver problemas relevantes do cotidiano das pessoas. Por isso, pesquise e inove de forma simples algo que pode já existir, mas que a sua solução seja útil para a necessidade real no mercado.  

Entenda o seu mercado

Não é novidade que em meio a uma crise, os brasileiros consumam de forma mais consciente, especialmente os itens não essenciais. Por isso, é necessário entender quem são as empresas que trabalham com o mesmo produto que você e como andam os hábitos de consumo das pessoas. Todas as vezes que as crises surgem, há também oportunidades de negócio, então estudar o ambiente é uma tarefa necessária para o sucesso.  

Faça o controle das finanças da sua empresa

Defina um plano anual, com todos os custos para manter a saúde financeira do seu negócio, e foque na execução para que cada passo seja dado com a maior cautela possível. O planejamento é uma etapa essencial para evitar surpresas nas suas finanças.

Além disso, não se esqueça de montar um fluxo de caixa. Essa atividade controlada gera as informações essenciais para um crescimento responsável. E para evitar inadimplências entrar em contratos de longo prazo e com altas multas de encerramento antecipado.

Otimize o seu tempo

No início, a empresa não vai ter pessoas o suficiente para fazer tudo o que precisa ser feito. Então a dica é terceirizar e automatizar o máximo de processos que você puder arcar. A eficiência e foco são atributos essenciais para conseguir realizar as atividades operacionais da empresa.

E aí, gostou das dicas? Nós da Central do Empreendedor disponibilizamos muito mais para você! Acesse os outros artigos do nosso blog.

Conteúdos em vídeo – Lives e canais de vídeo para expor suas ideias

Hoje, qualquer usuário do Facebook, Instagram e YouTube  tem condições de transmitir um vídeo ao vivo. As lives são vídeos transmitidos ao vivo disponíveis nas redes sociais como Facebook, Instagram e YouTube. Elas são ótimas para divulgar ideias e aumentar as vendas da sua empresa, se aplicadas à sua estratégia.

Pesquisas apontam que os vídeos são um dos formatos que mais geram engajamento dentro do Instagram e Facebook. Um estudo realizado pela Cisco revelou que até 2021, 82% do tráfego na internet será gerado pelos vídeos. De todo esse tráfego, 13% serão de lives.

Você ainda não sabe como transmitir conteúdos ao vivo e como usar lives e vídeos  para expor as suas ideias ou para vender? Aprenda como fazer

Porque Lives são interessantes?

É importante variar os formatos de produção de conteúdo, mas, não é somente por isso que é interessante que você faça lives. Uma pesquisa realizada pela Socialbakers mostrou que os formatos streaming têm maior alcance orgânico, se comparado aos vídeos tradicionais.

Durante essa pesquisa, a empresa notou que as páginas atingem uma média de 2,6% de seu público com vídeos gravados. Enquanto as transmissões ao vivo permitem atingir 7,3% do público.

Com as lives, você também pode verificar quem está curtindo e comentando. Com a interação que o ao vivo gera, você pode descobrir qual o nível de interesse do seu público em determinado produto.

Dicas para obter mais engajamentos

Se você está começando o seu negócio e ainda não sabe o que pode ser interessante para o seu público, ou simplesmente queira expor as suas ideias nas redes temos uma ideia interessante, que é transmitir uma live de perguntas e respostas.

Você pode solicitar, na própria transmissão, que os espectadores comentem suas dúvidas, para que você responda ao vivo. Outra forma é verificar, antecipadamente, quais são as dúvidas recorrentes no seu mercado e respondê-las na sua live.

Essa tática faz com que mais dúvidas surjam. Assim, mais usuários passam a perguntar nos comentários. A ideia aqui é aproveitar essa interação que os vídeos ao vivo te oferecem.

Prenda a atenção até o fim

Não adianta você transmitir um bom conteúdo se não houver espectadores. Por isso, você precisa despertar o desejo no seu público em acompanhar a sua live até o fim.

Para isso, você pode organizar o conteúdo do seu vídeo de forma que a sua audiência precise ficar até o fim da transmissão. Se prometer alguma dica no fim do vídeo, certifique-se de que realmente essa dica valha a espera do seu espectador. Prometa somente o que for cumprir.

Ofereça recompensas

Não há quem não goste de recompensas, não é mesmo? Aproveite a sua live para oferecer algum benefício para quem está te acompanhando. Você pode fazer isso disponibilizando uma oferta exclusiva ou então um desconto especial. O importante é você entender que as recompensas fazem com que o seu espectador se sinta exclusivo.

Oferecer uma recompensa na sua live possibilita que a sua audiência tenha interesse em sempre te acompanhar. Isso também faz com que mais pessoas compartilhem sua live com amigos, atraindo outras pessoas para assistirem os seus streamings.

Você pode disponibilizar a sua recompensa com um botão de CTA (Call to Action). Lá você pode inserir o link para uma ação, tanto na descrição do vídeo, como nos comentários.

Tem uma empresa?

Caso sua live tenha fim comercial, aproveite suas lives para anunciar um novo produto ou serviço. Uma boa maneira é apresentando as funcionalidades ou características. Para isso, demonstre ou explique sobre o produto que está vendendo.

As transmissões são uma maneira interessante de auxiliar a sua audiência a entender melhor sobre o que a sua marca vende. Pense que você pode oferecer seu produto, mas, ao mesmo tempo, precisa fornecer muitas informações valiosas.

Como usar lives para vender

Apesar de não ser muito comum, você já pensou em ganhar dinheiro vendendo as suas lives?

Seria como se você vendesse um ingresso para uma palestra sua, por exemplo. Mas lembre-se: para conseguir vender os conteúdos de uma transmissão, seu público precisa enxergar valor no tema.

Também é possível que você monetize esse conteúdo futuramente. Para isso, você pode editar a sua live, que fica salva na plataforma em que transmitiu (Facebook, Instagram ou YouTube). Acrescente as considerações que achar necessárias e comece a vender o conteúdo em vídeo gravado. Dessa forma, você pode vender uma série de lives, onde transforma o conteúdo em um produto ou curso e passa a ter mais uma fonte de receita no seu negócio.

E os canais de vídeo?

Já há algum tempo os vídeos são as grandes estrelas da internet. Sejam os de comédia, os educativos ou ainda sobre algo mais sério, todo mundo os assiste. E os assiste com frequência e regularidade. E, se existe um público tão grande e ávido por vídeos na internet, por que não os utilizar como ferramenta de marketing de conteúdo?

O conceito de vídeo marketing é bastante simples: unir o marketing de conteúdo tradicional à imagem, no caso, ao vídeo. Já que uma imagem vale mais do que mil palavras, um vídeo vale milhões delas. Para ter uma ideia da eficiência deste tipo de comunicação no marketing digital de uma empresa, veja algumas estatísticas sobre os vídeos:

  • Todos os meses o YouTube recebe mais de 1 bilhão de usuários, que gastam mais de 4 bilhões de horas assistindo a vídeos.
  • As buscas por vídeos no Google geram 41% a mais de cliques do que as buscas por textos.
  • E-mail marketing que contém vídeo tem 96% mais chances de gerar cliques do que os que não possuem.
  • 3 em cada 5 consumidores assistem vídeos sobre produtos que desejam comprar.
  • 52% dos consumidores afirmam que os vídeos são de grande ajuda na hora de decidir por uma compra.
  • Depoimentos de clientes em vídeo podem aumentar as vendas em até 600%.

Resumidamente, os vídeos:

  • Atraem mais visitantes e leads para sua estratégia de marketing digital;
  • São mais fáceis de serem consumidos;
  • Aumentam o tráfego orgânico, principalmente através do YouTube;
  • Trabalham na educação dos leads e clientes;
  • Melhoram o posicionamento e a lembrança da marca;
  • Podem ser peças de marketing viral;
  • Aumentam as vendas;
  • Aumentam o valor percebido dos seus produtos ou serviços.

Agora que você entendeu as vantagens do vídeo marketing, veja abaixo algumas dicas de como fazer vídeos de qualidade, com eficiência e rentabilidade:

Demonstração

Usando técnicas de animação, design, narração ou mesmo um apresentador, fica muito mais fácil e rápido expor o seu produto ao público de maneira direta e simples.

Corporativo

Uma empresa que pretende ter sucesso precisa ter autoridade na sua área de atuação. E para isso é necessário saber como se posicionar corretamente diante do público e do mercado. Os vídeos, neste caso, são uma importante ferramenta para dar credibilidade à sua marca.

Storytelling

Este tipo de vídeo consiste basicamente em contar uma história. Ela pode ser sobre a sua empresa, o seu produto ou sobre qualquer coisa. O sucesso de filmes e novelas não é por acaso: o público adora histórias e elas são ótimas para vender.

Teaser

Sabe aquele trailer de filme que mostra um pedacinho do que está por vir nas telas do cinema e deixa todo mundo morrendo de vontade de assistir? Isso é um teaser. Ele consiste em despertar a curiosidade do espectador, mostrando um pouquinho de algo para prender a atenção do público e criar expectativa para o conteúdo completo.

Conclusão

Se você preparou um bom roteiro, então não há segredos. Posicione os equipamentos de forma adequada para obter as melhores imagens e áudio de qualidade, e então siga a linha narrativa que está especificada no planejamento do vídeo. Além disso, não se esqueça de fazer testes antes de começar a gravar os vídeos e veja se as imagens estão nítidas, se a iluminação tem qualidade e se os áudios podem ser ouvidos com facilidade.

Também se lembre de prestar atenção no tripé, que precisa ser posicionado de maneira correta para que as imagens não fiquem tortas.

Depois disso, a qualidade do processo de edição dos seus vídeos é determinante. Portanto, se você não tem ideia de como montar um vídeo e editá-lo de forma profissional, o ideal é que realize um curso rápido de edição ou que, pelo menos, assista a tutoriais que ensinam como editar vídeos de qualidade.

É claro que, como em qualquer outra estratégia de marketing digital, os vídeos produzidos pela sua empresa devem ser monitorados e mensurados para então chegar a alguma conclusão sobre seu impacto e resultados. Seja postando seu conteúdo em vídeo no YouTube ou nas redes sociais, esse canal irá oferecer um painel de controle que faz essa observação sobre seu material.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando para mais informações sobre esse e outros assuntos relacionados!

Brand Essence – Defina a comunicação da sua empresa

As empresas de hoje devem se diferenciar se quiserem se manter competitivas no mercado atual. No entanto, não é mais suficiente ter os melhores preços, ou mesmo os produtos mais eficazes para ajudá-lo a se destacar. Os líderes de mercado de hoje precisam criar o sentimento certo em seu público através de campanhas emocionais e focadas na personalização, com a comunicação assertiva.

Embora existam muitas características diferentes por trás de qualquer organização, uma “Brand Essence” refere-se à identidade central da sua empresa. Este conceito é o que separa você de outros concorrentes através fatores focados em afinidade que tornam sua empresa mais relacionável.

Alguns negócios são altamente profissionais, tecnicamente experientes e de pensamento avançado. Outros se concentram em oferecer uma experiência calorosa e acolhedora aos clientes, com valores como serviço excepcional.

Uma vez que você define a Brand Essence da sua organização, você pode usá-la como “marco zero” para o resto de sua estratégia de construção de reputação. Com o coração da sua empresa em mente, é muito mais fácil projetar logotipos, campanhas de marketing e mesmo slogans que falam com seu público.

Então, o que é Brand Essence, e como você encontra a sua?

Como mencionado acima, Brand Essence é o centro da estratégia de crescimento da sua empresa. Sua essência reúne conceitos como valores, declarações de missão e visões de marca para determinar o que você representa como uma empresa e guiá-lo para o futuro.

Pense na essência da marca como a alma ou DNA da sua empresa. Se você sabe exatamente do que se trata o seu negócio, você terá mais facilidade em transmitir seu significado para seus clientes também.

Normalmente, as empresas descrevem sua “essência” dentro de algumas palavras. Essas palavras destacam a razão de ser da empresa e avisam aos clientes se estão se conectando com as pessoas certas. A fórmula para uma definição de essência de marca seria algo assim:

Essência de Marca = Metas (o que você quer fazer) + O que você faz +Seus valores (como você faz o que faz)

Se uma marca é uma coleção de todos os pensamentos e sentimentos associados a uma empresa, uma essência de marca está no centro de tudo. Sua essência dá profundidade, indo além dos recursos de preço e produto, educa seu público e também ajuda você a desenvolver uma reputação em seu campo escolhido. Com o tempo, você verá que uma definição eficaz de essência de marca até ajuda a atrair o público certo, criando defensores e embaixadores.

Por que definir a essência da marca?

Agora que você sabe o que é, é hora de considerar porque encontrar um significado de essência de marca é tão importante. Afinal, há um monte de passos envolvidos em construir uma marca eficaz.

Uma definição de essência de marca simplesmente permite que você coloque a alma da sua empresa em palavras. Uma essência de marca torna mais fácil para você e seus clientes ou acionistas ver o que é o seu negócio, o que você quer que ele seja e o que você está fazendo para permanecer o mais “autêntico” possível.

Ao usar sua Brand Essence como o norte da sua empresa, a empresa garante conexões mais fortes com seu público. Alguns dos benefícios de uma definição de uma Brand Essence incluem:

Melhor marketing

Quando você entende precisamente o que está impulsionando sua empresa e separando-o de seus concorrentes, você pode desenvolver campanhas mais fortes de publicidade e conscientização. Hoje, é mais importante do que nunca para as organizações se conectarem com seus públicos em um nível emocional.

A Brand Essence permite que você se engaje em seus esforços de marketing, e também irá guiá-lo para as campanhas que são mais propensas a ajudar sua organização. Por exemplo, uma marca com uma essência “moderna” pode usar a mais recente tecnologia como VR ou IoT para anunciar um novo produto.

Apelar para expectativas mais altas

Mesmo que você não esteja no negócio há muito tempo, há uma boa chance de você já ter notado o quão altamente conectados os clientes de hoje estão. Estamos vivendo em um mundo de clientes conectados continuamente e capacitados, o que também significa que você precisa atender às expectativas crescentes.

Hoje, os clientes estão mais exigentes e exigentes do que nunca. Isso significa que truques e batalhas de preços não darão mais à sua empresa o poder de crescimento que ela precisa. Em vez disso, as empresas precisam encontrar uma maneira mais atraente de construir laços com seu público. A Brand Essence é o que inspira os clientes a se apaixonarem por ela. As pessoas começarão a atribuir características humanas à sua empresa, e é daí que vêm os sentimentos de comprometimento e lealdade.

Mantenha a consistência

Finalmente, há uma gama de diferentes “manifestos de uma marca” que entram cena. Guiar toda a comunicação da sua empresa para de acordo com a sua Brand Essence e o seu manifesto vão fazer a sua empresa alcançar consistência.

No mundo competitivo de hoje, pode ser difícil manter-se ciente das tendências atuais e manter uma identidade consistente ao mesmo tempo. Quando você entende os elementos que definem a alma da sua empresa, é muito mais fácil tomar decisões coesas para o seu negócio. Sempre que você não tem certeza sobre uma nova estratégia de marketing ou ideia de produto, você pode olhar para a sua Brand Essence para direcioná-lo.

Dicas para refinar o significado da essência da sua marca

Embora a Brand Essence seja fundamental, nem sempre é fácil de definir. Os melhores exemplos de essência da marca muitas vezes atingem um equilíbrio entre as qualidades autênticas que sua empresa já demonstra e os elementos aspiracionais que você deseja incorporar no futuro.

Normalmente, a melhor maneira de descobrir o significado da sua Brand Essence, é começar a desenvolver as diretrizes para sua empresa e procurar informações de pessoas de fora e dentro de sua organização. Os membros da equipe e as partes interessadas poderão mostrar o que seu negócio significa atualmente para o mundo, enquanto especialistas em branding podem ajudá-lo a construir uma estratégia para o seu futuro.

Volte para o início

Existem muitas empresas que criam seu manifesto de marca antes de lançar seus negócios, como parte de uma estratégia completa de construção de marca. No entanto, há também empresas que ficam tão envolvidas com outras coisas, como criação de logotipo e construção de sites que esquecem da Brand Essence até o último minuto.

Olhe para trás de onde sua empresa veio. O que o motivou a lançar seu produto ou serviço em primeiro lugar (além do lucro), e o que você sentiu que foi o seu propósito final como uma marca?

Considere como outras pessoas te veem

Como você descreveria seu negócio, e como as outras pessoas percebem nem sempre são coisas que andam de mãos dadas. Embora você não deva necessariamente permitir que seus clientes e concorrentes o definam, é útil ouvir como os outros veem sua marca, para que você possa ter uma ideia melhor de como você se depara no mercado atual. Se nada mais, uma breve auditoria lhe dará a chance de identificar quaisquer características que você preferir não ter vinculado à sua empresa.

Trabalhe para fora a partir de seus pontos de diferenciação

Encontrar a definição da sua Brand Essence é crucial porque ajuda você a definir e refinar o que faz sua empresa especial. Com isso em mente, faz sentido olhar para as coisas que você faz ou oferece que seus concorrentes simplesmente não têm. Olhe para seus concorrentes e descubra o que sua empresa pode fornecer que eles não podem.

Uma avaliação técnica de sua marca pode ajudá-lo a ver partes de sua identidade que você nunca considerou antes. Quando você mergulha em todos os passos complicados que vão para a construção de um negócio eficaz, é mais fácil ver onde sua empresa está marcando todas as caixas certas. Você também poderá ver se há atributos na sua Brand Essence que precisam melhorar ou crescer para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando para mais informações sobre esse e outros assuntos relacionados!

CRM de marketing para médicos: como manter a agenda cheia

No cenário atual, é evidente a necessidade de reinventar as práticas profissionais e entender o que o mercado está demandando das empresas.

Com as inovações e ferramentas tecnológicas e a crescente migração de empresas para o mundo digital, repensar estratégias para atrair clientes e obter resultados satisfatórios no seu negócio, é indispensável.

As estratégias de marketing, mais precisamente, de marketing digital, têm ganhado relevância no contexto de clínicas médicas e um nicho específico voltado para o marketing para médicos está emergindo.

Existem diversas estratégias que podem ser utilizadas para atrair pacientes e manter a agenda da clínica cheia durante todo o ano, uma delas é o Customer Relationship Management (CRM), uma ferramenta que tem auxiliado bastante os profissionais desse contexto.

Neste artigo, entenda o que é o CRM, para o que serve a ferramenta, quais são os benefícios de utilizá-la e como utilizá-la nas estratégias de marketing para médicos da sua clínica!

Acompanhe a leitura e fique por dentro!

  • O que é o CRM?
  • Para que serve o CRM?
  • Quais são as vantagens do CRM para as empresas?
  • Como o CRM auxilia as estratégias de marketing para médicos?

O que é o CRM?

CRM é uma sigla em inglês que significa Customer Relationship Management, ou Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente, em tradução para o português.

Essa ferramenta é um software de gerenciamento de vendas, que auxilia os processos de gestão de relacionamento com os clientes.

Porém, esse software é muito mais do que uma ferramenta de gestão, pois coloca o cliente como foco dos processos da empresa e otimiza outras operações do negócio para garantir uma melhor experiência ao cliente.

Além disso, o software oferece diversos benefícios para as organizações, assim como, auxiliam as estratégias de marketing em diversos nichos do mercado, como é o caso do marketing para médicos.

Para que serve o CRM?

Embora a maioria dos sistemas de CRM sejam voltados para os setores de vendas, o objetivo e o foco da ferramenta é o de melhorar a experiência do cliente e garantir uma maior satisfação do usuário com o serviço ou produto da empresa.

Assim, esse sistema acaba abrangendo outros setores que também lidam com o relacionamento com o cliente e devem ser aprimorados para gerar resultados mais satisfatórios para a empresa.

O CRM é um excelente aliado das operações da empresa, pois otimiza os processos, facilita a integração com outras ferramentas utilizadas no negócio e garante uma gestão de relacionamento com o cliente em todos os níveis do funil de vendas, desde a primeira interação com a captação de leads, até após a conversão e a venda em si.

O CRM é uma ferramenta funcional e ágil e oferece diversas vantagens para as empresas, então, continue acompanhando a leitura e conheça algumas delas!

Quais são as vantagens do CRM para as empresas?

Como é um sistema que envolve setores para além do segmento de vendas, como marketing, suporte, pós-venda, entre outros, essa ferramenta pode oferecer muitas vantagens para as organizações. Entre elas:

Escalabilidade

Cadastrar informações e fazer um bom acompanhamento de clientes, estabelecendo um relacionamento que atenda totalmente às necessidades do usuário sem esquecer nenhum dado, pode se tornar uma tarefa difícil à medida em que a empresa cresce, por isso, o CRM é uma ferramenta tão interessante para se obter uma visão ampla do negócio, pois com históricos de compra, centralização de informações como preferências e necessidades, é possível atender muito mais clientes e obter escalabilidade no seu negócio.

Agilidade e otimização dos processos

Os sistemas de CRM são ferramentas muito ágeis e funcionais, e uma grande vantagem que oferecem é a eliminação da necessidade de realizar processos exaustivos, retrabalhos e atualizar tudo de forma manual.

Com a ferramenta, é possível otimizar esses processos necessários para o bom relacionamento com o cliente e para o bom funcionamento do negócio e investir tempo em outras tarefas.

Melhoria do planejamento estratégico

Com a coleta de dados e a centralização de informações, é possível pensar em estratégias e ações que sejam mais assertivas e atendam às demandas dos clientes.

O sistema CRM é o responsável por essa centralização de informações, disponíveis para os times de marketing e vendas, e todos os outros que lidam com o relacionamento com o cliente, e portanto, é um grande aliado na melhoria do planejamento estratégico das empresas.

Integração com outras ferramentas

O CRM é um sistema que além de cadastrar, gerar históricos e centralizar informações dos prospects, leads e clientes, também possibilita a integração com outras ferramentas utilizadas pela empresa em seu planejamento estratégico.

Um exemplo disso é a integração do CRM à softwares de automação de marketing, que são responsáveis pelas estratégias de atração de novos leads.

Os softwares de automação de marketing oferecem diversas funcionalidades, como por exemplo, análise de SEO nas páginas do site, campanhas de e-mail marketing, lançamento de posts nas redes sociais, entre outros. 

Como o CRM auxilia as estratégias de marketing para médicos?

Como já falamos anteriormente, os setores de marketing, de vendas, de suporte e todos os outros que envolvem o relacionamento com o cliente, devem ser integrados e precisam trabalhar em sinergia, independentemente do nicho em que atuam.

É aí que entram os sistemas de CRM, para auxiliar as estratégias de marketing para médicos.

Com um software de CRM alinhado às estratégias de marketing, é possível fidelizar os pacientes com mais facilidade, aumentar os ganhos da sua clínica analisando as métricas obtidas pelo sistema, obter informações mais rápidas e detalhadas sobre os pacientes, gerar mais engajamento dos pacientes com a sua clínica, obter mais relevância e fortalecer a presença da sua marca nos meios digitais e dedicar tempo para outras tarefas mais importantes.

O CRM poderá auxiliar a equipe da sua clínica desde a prospecção de novos pacientes (leads), até o pós-consulta, entendendo e atendendo as reais necessidades de cada cliente que chega à clínica e promovendo um melhor relacionamento com eles.

Desse modo, se você quer manter a agenda da sua clínica cheia durante todo o ano, investir em um sistema de CRM para auxiliar nas estratégias de marketing do seu consultório pode ser um diferencial muito significativo para gerar vantagem competitiva para sua clínica.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de outros temas como este!

Sua empresa precisa de um site! Entenda o motivo

Em um mercado de trabalho tão vasto e concorrido, não basta você saber fazer algo muito bem. As pessoas, principalmente consumidores, precisam conhecer o seu serviço / produto, analisar depoimentos e outras experiências e entender como ele pode ser útil em suas vidas. Atualmente, a principal forma de conseguir isso é através de um site para a empresa.

 

A internet como um todo é um veículo de divulgação poderoso, além de ser potencializadora de diversas mensagens e conteúdos. Não só por conta da enorme proporção que ela dá aos destaques, como seu grande alcance e número de usuários.

 

Talvez você já tenha pensado sobre a importância dessa estratégia de divulgação mas não sabe a melhor forma de dar o primeiro passo. Através dos textos abaixo, confira esclarecimentos sobre o tema, para você usar e abusar dessa ferramenta!

 

  • Quais são as vantagens de criar um site para a empresa?
  • Quais os tipos de sites que você pode usar em seu negócio?
  • Por que criar um site para a empresa?

 

Quais são as vantagens de criar um site para a empresa?

Apesar de já termos começado o árduo caminho para o fim da pandemia do coronavírus, o distanciamento social transformou a forma como vivemos, como nos relacionamos e como consumimos também. Não só o consumo do produto, mas também o conteúdo sobre ele.

 

Sem poder andar pelas ruas em busca de alguns itens, impossibilitado de admirar as vitrines ou até mesmo conversar com atendentes para tirar dúvidas, configurar a digitar em seus aparelhos eletrônicos para efetuar sua pesquisa.

 

E eles acharam! Encontraram sites com as mais diversas informações sobre o produto que tanto queriam. Veja agora as vantagens que enchem os olhos dos clientes e das empresas para a criação de sites:

 

  • 100% de disponibilidade à loja virtual, afinal, com o site na internet o negócio está aberto todos os dias e o tempo todo;
  • Fixação da imagem da marca, já que todo o site deve ser composto por elementos que mostrem identidade digital profissional da empresa;
  • Fácil acesso ao catálogo e portfólio. Os clientes podem ver imediatamente o que beneficiam e desenvolvem podem atualizar o material a qualquer momento;
  • Formulários online para facilitar e fortalecer o diálogo entre vendedor e consumidor. Assim, fica mais fácil realizar orçamentos, manter o cliente interessado e fornecer informações;
  • Aumento da divulgação pela divulgação da empresa e a demonstração de credibilidade. Esses fatores favorecem a consagração da marca.

Quais são os tipos de site que você pode usar em seu negócio?

É importante colher informações sobre os diferentes tipos de sites para escolher aquele que melhor se enquadre com o estilo ea proposta da sua empresa. Essa análise também influencia no retorno do público.

 

A primeira opção é o site dinâmico. Ele oferece que a administração realiza atualizações de forma mais rápida e fácil. Além de se manter constantemente renovado, você pode inserir redes sociais e blogs para captar ainda mais clientes.

 

O segundo tipo é o site de uma página. Como parte a tradução, trata-se de um site de apenas uma página, ideal para empresas de pequeno e médio porte. Excelente também para quem quer uma proposta mais objetiva ou ainda não possui todos os conteúdos digitais prontos.

 

O próximo tipo é um site que se assemelha a um cartão de visitas, também conhecido como site institucional. Ele é composto por todas as informações da instituição, do produto ou serviço prestado, das formas de contato, missão e logo da empresa. O objetivo principal desse tipo de site não é exatamente vender, mas sim se apresentar para o mercado.

 

Já o objetivo principal dos portais é vender informação. Nesses tipos de sites se divulga todo tipo de conteúdo, nem sempre relacionados ao produto principal (até porque, geralmente, não existe um). O que define a publicação do conteúdo é o interesse de quem o consome. O site se aproxima bastante de um noticiário.

 

Por fim temos os blogs. Um dos queridinhos, tanto para os clientes quanto para os produtores de conteúdo. Neles, o foco é a empresa e o que ela oferta, sendo assim, há sempre novidades sobre isso para todos os interessados. Semelhantemente ao site dinâmico, as redes sociais fazem parte do site para atrair e manter a ligação com o público.

 

E então, escolheu o modelo perfeito para sua empresa? Saber os principais motivos para tantas empresas adotarem o site como potente estratégia de marketing digital talvez te ajude a decidir. Basta conferir no tópico abaixo!

Por que criar um site para a empresa?

Há quem acredite que o site é algo ultrapassado, mas a realidade é que esse é um recurso fundamental de apoio ao seu negócio. Vamos agora explicar as razões para criar um site para a sua empresa e das diferentes formas de fazer seu negócio decolar com isso!

 

  1. Credibilidade: Um site transparece mais confiança à sua empresa. A ideia que chega até o público-alvo é que seu negócio é importante, consolidado e capaz de suprir suas necessidades. Isso tudo por conta da imagem profissional no espaço virtual;
  2. Visibilidade: O que você faz precisa chegar ao conhecimento dos possíveis clientes. Faz parte do comportamento deles checar em sites de busca informações sobre a empresa. Seja para tirar dúvidas ou até mesmo para saber se o serviço vale a pena. Esse também é um movimento que parte de pessoas que querem um serviço mas não sabem onde encontrar. São aquelas que buscam conhecer novos serviços. Como o seu será considerado se ele não for visto?
  3. Agilidade: Nenhum site ficará disponível como as principais informações sobre um produto / serviço. Muitos deles fornecem até atendimento online. Isso agiliza e aumenta conforme as vendas, pois facilita a busca conforme do cliente.
  4. Custo: Pense em várias pessoas acessando a internet diariamente. Agora pensar que elas podem acessar o seu site? Você recebe uma média altíssima de visitas e gasta bem menos por isso em comparação com essa realidade em uma loja física (ainda que loja física e o site podem e devem coexistir).

 

Já está interessado em criar o seu site? Continue acompanhando nossos conteúdos e fique por dentro de temas como este!

V-Cards – Assinaturas digitais e assinaturas de email

O vCard é um formato padrão para cartões empresariais eletrônicos. Eles costumam conter informações como nome, endereço, números de telefone, endereços de email, URLs, logos, fotografias etc. Os vCards normalmente são anexados na mensagem pelos seguintes motivos:

Eles permitem a quem recebe a mensagem rápida e confiavelmente adicionar seu contato na lista de endereços pessoais deles.

E ajudam a minimizar sua assinatura de email, uma vez que todas suas informações de contato estão disponíveis no seu vCard (e por isso não precisam ser incluídas no final de cada mensagem). Neste artigo, vamos mostrar por que e como criar uma assinatura de email profissional e uma assinatura digiral. Continue lendo para saber como fazer a sua!

O que é uma assinatura digital?

A Assinatura digital é um recurso em que um usuário, um site ou uma entidade tem à disposição para comprovar sua identidade na internet. Elas foram criadas para garantir a segurança dos negócios online, sejam eles com ou sem fins lucrativos.

Dessa forma, o emissor (quem assinou) está comprovando, através da assinatura digital que ele é mesmo quem diz ser, e há uma série de recursos que podem ser checados para garantir a autenticidade do objeto assinado. Isso vale tanto para documentos, quanto para sites, que também precisam de certificados digitais legítimos para que sejam considerados seguros, seja pelo Google ou outros motores.

Como posso adquirir uma assinatura digital?

No caso de sites, o certificado SSL é essencial para garantir uma comunicação de dados segura, e para evitar que seu domínio seja marcado como inseguro (sem HTTPS). Existem serviços que oferecem certificados gratuitos, mas não fornecem garantias quanto à confiabilidade dos dados. O recomendável é buscar empresas habilitadas para vender certificados SSL.

Assinatura de email

Assinatura de email é o conjunto de informações sobre o remetente de um email, localizada após a mensagem. Em geral, ela contém o nome, o telefone, o cargo e a empresa na qual trabalha a pessoa que enviou o email. Pode também ter uma foto e links para site e redes sociais.

Você já recebeu um email com uma oferta interessante, quis entrar em contato com quem enviou e se frustrou ao não encontrar nenhuma informação sobre a pessoa? Esse problema seria resolvido com a simples inclusão de uma assinatura de email.

A intensa competição pela atenção não permite o desperdício de uma oportunidade assim. Mas e você, será que está sinalizando corretamente seus dados em suas mensagens eletrônicas? É bem simples e pode ser mais útil que um cartão de visita!

O que a assinatura de email precisa ter

Se você quer oferecer um texto simples, foque no básico: coloque seu nome, telefone (fixo, celular e/ou Skype), email, cargo e empresa. Com essas informações, seu destinatário já tem referências suficientes para desenvolver um bom nível de confiança em você.

Claro que, dependendo do seu mercado, a sua assinatura de email pode ter outros dados. Se trabalha em um estabelecimento comercial, o endereço é relevante. Da mesma forma, se você vende exclusivamente pela internet, coloque o site do seu negócio.

O uso de cores e elementos gráficos na assinatura é legal?

Colocar apenas letras e números nas assinaturas de email parece meio tradicional demais, até meio chato, não é mesmo? Com as melhorias tecnológicas das ferramentas, é possível criar formatos criativos, que usem também imagens e logotipos.

Antes de mais nada, analise que tipo de personalização a sua empresa e o seu mercado permitem — tanto em termos de regras quanto de estilo mesmo. Procure usar a paleta de cores da sua marca, criando uma identificação com ela.

A sua foto também pode criar um grau de confiança maior, pois a pessoa vai sentir que, de fato, há um ser humano conversando com ela. O posicionamento pode ser logo acima ou ao lado das suas informações para que imagem não fique perdida no email.

Redes sociais

Outra coisa que gera mais credibilidade — e ainda deixa sua assinatura de email mais agradável visualmente — é inserir um link para suas redes sociais. Esse é um fator que também vai na linha de “olha, essa pessoa existe mesmo”. Fica mais legal usar os logos do LinkedIn, Behance, Twitter etc. para não exagerar nas letras e números.

Caso prefira, as redes sociais incluídas podem ser as da sua empresa. O mesmo vale para trocar a sua foto pelo logo do seu negócio. É uma boa ideia, inclusive, testar quais formatos geram mais engajamento!

E o que o V-card tem a ver com isso?

Os V-Cards são cartões de visitas digitais em que você pode anexar dados pessoais para distribuir digitalmente no Gmail, Outlook.com ou WhatsApp. Com eles é possível guardar os dados de um ou mais contatos, o que permite que as informações de toda a sua agenda sejam unificadas em um único arquivo, que pode ser usado para backup.

Bastante versáteis, os vCards permitem que o usuário guarde informações de telefones, cargo, endereço, e-mails e links para seus perfis em redes sociais e podem reter diversas informações dos contatos de uma agenda telefônica.

Para que eles servem?

A principal utilidade dos vCards é facilitar a distribuição das informações de contato em uma agenda. Se você tiver um arquivo desses e tentar executá-lo, seu sistema operacional irá perguntar se você deseja anexar as informações contidas no arquivo à sua agenda telefônica, por exemplo.

Além da possibilidade de usá-los para backup da agenda, é possível usar vCards em clientes de e-mail e em alguns tipos de mensageiros instantâneos. No Gmail ou Outlook.com, por exemplo, você pode configurar o seu cartão para ser anexado à sua assinatura a cada mensagem. Assim, quem receber seus e-mails, poderá adicioná-lo à lista de contatos simplesmente abrindo o cartão. Outro exemplo da utilidade desse tipo de arquivo é o compartilhamento em mensageiros como o WhatsApp, em que o envio de contatos é realizado pela troca de vCards.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando para mais informações sobre esse e outros assuntos relacionados!

Terceirização do marketing da empresa

Com um mercado cada vez mais saturado de empresas de diferentes segmentos e que buscam seu espaço, a importância de diferenciar-se é fundamental. Existem várias formas de um empreendimento ganhar destaque e obter êxito em seu negócio. Procurando fazer isso, muitas organizações estão apostando nos serviços de marketing terceirizado. Será que é uma boa ideia?

O marketing terceirizado já não é novidade para as empresas — independentemente do seu porte ou ramo de atuação. Entretanto, a revolução causada pelo marketing digital expandiu a quantidade de empresas de marketing capazes de oferecerem soluções rápidas e impactantes.

Afinal de contas, o comércio e a indústria, no geral, já perceberam que a divulgação on-line dos seus diferenciais é repleta de benefícios. Algo que vai desde a qualificação dos usuários que vêm até você às ações de pós-venda.

A área de marketing é um setor estratégico da empresa. Responsável, também, por identificar os desejos e necessidades de um público-alvo, esse departamento vai muito além de só auxiliar nas vendas.

O marketing está envolvido no processo de forma mais completa, desde a produção, logística, comercialização e o pós-venda de determinado produto ou serviço.

Só que, em busca de resultados imediatos, o investimento deve ser o mais assertivo possível e por isso, muitas dúvidas passam pela cabeça de gestores e diretores de pequenas, médias e grandes organizações. Veja por que a terceirização pode ser uma boa ideia para a sua empresa:

Vantagens da terceirização do marketing

Levando em consideração a velocidade com que as informações são transmitidas e a facilidade de comunicação por diversos meios, são muitos os benefícios em se contratar uma agência de marketing terceirizada.

Antes de listar algumas vantagens de se contratar uma agência, primeiro é preciso saber o que ela pode fazer por seu empreendimento. As agências atualmente estão orientadas a conhecer de perto a sua empresa, entendendo a cultura da organização, seu funcionamento, funcionários e tudo que a envolve.

O foco do trabalho de uma agência de marketing abrange o processo como um todo, desde o produto e os serviços oferecidos até a capacitação de funcionários e incentivo à equipe. É a agência também que controla os resultados de cada ação implantada, corrigindo falhas e propondo melhorias nas estratégias utilizadas.

Entendido isso, confira alguns benefícios que podem ser obtidos por meio da terceirização dos serviços de marketing de uma empresa:

Aumento da produtividade

Trabalhando com uma equipe terceirizada, sua organização possivelmente terá um aumento da produtividade em campanhas publicitárias e ações de marketing. Isso porque os profissionais envolvidos possuem expertise na área e contam com a estrutura e o suporte apropriados para otimizar esse processo.

Equipe disponível

Com a rotina agitada de uma empresa e as inúmeras decisões urgentes que precisam ser tomadas no dia a dia, contar com profissionais capacitados à sua inteira disposição é um ótimo negócio, não é mesmo?

Uma agência terceirizada pode oferecer toda essa disponibilidade para que você resolva de modo prático e ágil as questões relacionadas ao marketing. Dessa forma, você pode direcionar o seu tempo para outros pontos dentro da organização. Quem ganha com isso, é a sua empresa!

Diminuição de custos

Você já parou para pensar o quanto é gasto para manter uma equipe trabalhando internamente em um empreendimento? Além dos salários, existem os encargos trabalhistas, custos com equipamentos, móveis, computadores, manutenção e outras despesas relacionadas à estrutura e ao espaço que um setor de marketing exige.

Ao contratar um serviço terceirizado, você não precisa se preocupar com nada disso. Toda a parte de infraestrutura e equipamentos é com a agência. Sem dúvida alguma, uma redução considerável não somente de custos, mas também de tempo.

Equipe atualizada e com experiência em vários segmentos

A terceirização dos serviços de marketing de uma empresa conta com um diferencial que poucas pessoas percebem: a experiência em diversos segmentos do mercado.

Uma agência pode agregar inúmeros benefícios a um empreendimento por meio do conhecimento e da vivência de mercado, uma vez que, ao longo do tempo, possivelmente lidou com várias outras empresas de diferentes áreas. Por isso, uma agência costuma estar sempre atualizada com as últimas tendências e práticas do marketing.

Visão externa do negócio

Outro ponto importante da terceirização dos serviços de marketing é a visão externa proporcionada por essa ação. Muitos profissionais, que trabalham internamente em uma empresa, tendem a ver os serviços executados e as estratégias da organização de uma forma mais micro.

Como se sabe, as atividades de um negócio, principalmente na área de marketing, precisam de inovação. Uma agência terceirizada, com seu ponto de vista externo, pode contribuir de maneira significativa para esse processo, propondo novas estratégias e planejamentos mais assertivos.

Otimização do tempo

É inegável que as empresas de marketing podem prestar um serviço diferenciado e cujo impacto se perceba imediatamente.

O marketing terceirizado já oferece como uma “solução pronta”, quando comparamos com a internalização desse processo, há todo um tempo necessário para implementar o projeto e só então colher os frutos — e o retorno do seu investimento, é claro.

Experiência personalizada

Ao contratar empresas de marketing para cuidar da promoção da sua marca digitalmente existe uma atenção personalizada maior.

Afinal de contas, o marketing digital se destaca por oferecer uma construção de identidade e ações únicas, que se adaptam especificamente à sua demanda.

Tecnologia de ponta em seu benefício

O marketing terceirizado também se caracteriza pelo investimento assertivo das empresas de marketing, agregando sempre mais valor às suas ações.

Para isso, essas agências estão sempre em busca de novidades — como tendências e novas tecnologias do setor — para criar uma ação mais impactante ainda para a sua marca.

Profissionais qualificados

Os profissionais das empresas de marketing também são autoridades no assunto. Algo que você, no seu processo de recrutamento e seleção, poderia penar muito até encontrar os profissionais ideais. Algo custoso, inclusive.

Redução de custos

Com base no que vimos até aqui, dá para ter uma boa perspectiva da economia que a sua empresa gera ao contratar as empresas de marketing, não é mesmo?

Agora, veja que o marketing terceirizado só necessita do investimento necessário para alinhar o contrato com a agência de sua preferência. Todo o resto é gerido por quem já é referência no assunto, e vai compartilhar todos os passos dessa jornada com você.

Como escolher as empresas de marketing

Viu como existem múltiplos benefícios em fazer o marketing terceirizado para o seu negócio?

Convém observar que você e os seus profissionais vão sempre estar inteirados a respeito do desenvolvimento — e os resultados — das ações empreendidas.

Assim, a performance de suas campanhas é sempre monitorada e compartilhada para que os avanços sejam sentidos por vocês também.

Para tanto, fica a nossa recomendação final para que, ao contratar os serviços de empresas de marketing, você verifique alguns aspectos essenciais, como:

  • portfólio da empresa;
  • reputação dela no mercado;
  • alinhamento dos diferenciais dessas empresas de marketing com o seu negócio;
  • identificação com a sua marca e objetivos propostos.

Com essa atenção diferenciada, você vai tomar uma decisão mais eficiente, e completamente assertiva, rendendo um retorno rápido e produtivo. Mas vale lembrar que, para tudo estar alinhado você precisa ter uma equipe de vendas que interaja e ajude a equipe de marketing que você contratou. Vale a pena terceirizar o marketing digital?